Skip to content

Acessibilidade – quais os limites?

setembro 19, 2008

Vou deixar de postar uma notícia hoje para escrever algo próprio.

Há muito tempo tenho me sentido meio incomodada por, sendo diabética, não poder acompanhar as pessoas que conheço quando estas vão a uma sorveteria, ou doceria, que não seja “diferenciada” e tenha produtos diet. Eu me sinto limitada por ter uma deficiência física que me impede de ter os mesmos direitos que as outras pessoas. Neste caso, direito de comer uma tortinha de morango em qualquer doceria, e não apenas na Ofner (por quase 9 reais).

Por isso, enviei hoje à Associação Brasileira de Acessibilidade o seguinte e-mail:

“Sou arquiteta de informação e tenho acompanhado a evolução da acessibilidade na web, o que considero muito interessante por universalizar o direito de acesso às produções das empresas.
Porém, tenho pensado em um ponto: eu sou diabética e, por isso, não posso comer sobremesas e doces na grande maioria dos estabelecimentos. Sendo a diabete uma deficiência física, considero que esta minha condição me limita a ter acesso ao que as outras pessoas têm. Por exemplo, nós temos rampas em calçadas e elevadores em lojas para quem não pode andar. Por que não é obrigatório também que os produtores de alimentos tenham versões diet de seus doces?
Muito obrigada!”

Até onde vai a acessibilidade? Existem deficiências que não são consideradas importantes para terem uma lei que as menciona? Pode não ser importante para quem não tem familiares diabéticos, mas é de suma importância para quem passa por essa situação.

►Em tempo: lógico que existem pessoas diabéticas que consomem açúcar sem pensar nas graves conseqüências. Os efeitos são futuros, e não consumir açúcar é um ato de responsabilidade.

One Comment leave one →
  1. novembro 12, 2008 2:45 am

    Sei muito bem que é ser diferente em aspectos físicos, não tenho diabetes, mas em compensação não como carne (apenas de peixe), sei como é horrível quando vai em algum lugar onde você acaba de um modo excluído. No meu caso ainda tenho que aguentar toda a hora alguém colocando carne no meio da minha comida ou tentando me forçar a comer-la quando compra algo que contenha apenas este alimento.
    Poxa, passo muito mal se comer qualquer tipo de carne, e penso, na acessibilidade como comparação, ir a uma churrascaria onde servem outras comidas é uma forma de acessibilidade.
    Agora alisando uma pessoa deficiente visual ou de coordenação motora, será ela limitada a entrar na internet por que não há sítios feitos para elas?
    É… andar sem olhas para frente pode acabar pisando em alguém.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: